segunda-feira, 22 de abril de 2013

O QUE FAZER E O QUE NÃO FAZER APÓS SURGIMENTO DE UMA DOR DA COLUNA


As dores da coluna são sintomas comuns. Ao longo da vida, a chance de uma pessoa ter um episódio de dor nas costas é de cerca de 90%. A incidência em um ano, ou seja, a chance de uma pessoa que não está com dor passar a ter uma dor da coluna ao longo de um intervalo de um ano é de cerca de 10% . No entanto, das pessoas que iniciam um quadro de dor da coluna, cerca de 95% ficarão sem dor, naturalmente, sem qualquer tratamento, dentro de 6 semanas, e 60% dentro de 2 semanas. Finalmente, em qualquer tempo estudado, existem menos de 10% de pessoas que estão sentindo alguma dor na coluna; é o que chamamos de prevalência. Assim, se a dor for algo tolerável, o melhor remédio é esperar, pois, de fato, nestes casos gerais, o uso de medicamentos anti-inflamatório e de fisioterapias causam uma piora considerável na chance de recuperação dos pacientes. Fazer um tratamento errado é pior que não fazer nada. Recorrer precocemente aos remédios e fazer fisioterapias é uma péssima opção.
 
Diante de uma dor da coluna, o hábito de ficar indo a serviços de emergência para usar remédios sintomáticos pode ser outra péssima ideia, pois a função do médico de emergência é tão somente o alívio sintomático, sem qualquer preocupação diagnóstica mais profunda, uma vez que isso tornaria impossível seu trabalho, dada a grande quantidade de pacientes a atender. Ir à emergência só está indicado no caso de não poder ir diretamente a um especialista. Os médicos especialistas que cuidam das dores da coluna são, em primeiro lugar, em mais de 80% das vezes, os ortopedistas especializados em medicina e cirurgia da coluna, mas alguns outros médicos especialistas também podem ser adequados em situações específicas. No caso de doenças reumáticas que causem dores crônicas na coluna, o reumatologista é o profissional mais adequado. No caso de doenças como tumores ou infecções medulares ou dos nervos da coluna, os neurocirurgiões são os mais adequados. Na maioria dos casos, no entanto, procure sempre um ortopedista especialista em coluna. Este profissional vai saber solicitar os exames adequados, prescrever os remédios certos e fazer a indicação correta de tratamento. 
 
Somente após perceber que a autoresolução pela hstória natural não está se fazendo é que se deve partir para tratamentos mais específicos. 



Centro Médico da Coluna Vertebral
Torre Saúde São Mateus
Av. Santos Dumont, 5753, Sala 206
Fortaleza - Ceará - Brasil
Fone/Fax: (85) 3265 8300 e (85) 3242 9263
http://www.centromedicodacoluna.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário