sexta-feira, 5 de abril de 2013

DORES CRÔNICAS DA COLUNA: UM SOFRIMENTO QUE TEM SOLUÇÃO!

int1As dores nas costas são comuns e, geralmente, são auto-limitadas. Uma parcela importante, no entanto, pode desenvolver um quadro crônico, levando a um intenso sofrimento físico e psicológico, limitando a qualidade de vida, a capacidade de trabalho e a própria auto-estima.

Por que isto acontece? Como devemos tratar estes pacientes?

É importante que se saiba que três são os componentes de uma dor: o componente nociceptivo, o componente neuropático e o componente processual.

O componente nociceptivo surge pela estimulação de receptores periféricos normais por fatores mecânicos ou químicos (inflamatórios). É o fator preponderante nas dores lombares e cervicais comuns. Como os fatores mecânicos e químicos são facilmente controlados pelos mecanismos de defesa e auto-cura de um corpo normal, as dores cujo principal mecanismo é o nociceptivo, são rapidamente aliviadas, sem a necessidade de tratamento específico, ´podendo até ser prejudicadas pelo uso de medicamentos e de fisioterapias.

Enquanto a agressão mecânica e inflamação ficam circunscritas aos elementos osteoarticulares (discos, articulações, ligamentos, etc), não há grandes problemas, pois realiza-se o processo de auto-cura acima citado. O problema surge quando as agressões mecânicas e inflamatórias são comunicadas aos tecidos nervosos vizinhos (altamente sensíveis a qualquer agressão e com limitadas capacidades de defesa e reparação). Este é o mecanismo do componente neuropático. Estas dores são mantidas pela existência de uma disfunção ou lesão dos tecidos nervosos, sejam eles periféricos ou centrais (medula e cérebro) e necessitam de uma abordagem terapêutica própria que é praticada apenas por médicos especializados.

Com a manutenção de um estado de dor, é comum o surgimento de um alerta mantido, de ansiedade e de depressão. Estes diversos fatores se somam para gerar uma alteração de pensamentos e comportamentos ligados à própria dor, levando a uma alteração do componente processual, que interfere de forma importante e pode levar à manutenção e cronificação da dor.

O segredo do tratamento eficaz das dores crônicas da coluna passa pela necessidade de abordar os três fatores de forma objetiva, por uma equipe que possa agir de forma organizada.

No Centro Médico da Coluna Vertebral adotamos esta visão, seguindo o modelo organizacional dos "Centres de Traitement de la Douleur" franceses. Usamos os mesmos protocolos de avaliação, as mesmas abordagens diagnósticas, as mesmas proposições terapêuticas e formamos uma equipe de médicos, psicólogos, fisioterapeutas, unidos no alívio de cada dor, com um alto índice de sucesso e em constante aprimoramento.
 
Estamos a sua disposição!


Centro Médico da Coluna Vertebral
Torre Saúde São Mateus
Av. Santos Dumont, 5753, Sala 206
Fortaleza - Ceará - Brasil
Fone/Fax: (85) 3265 8300 e (85) 3242 9263

Nenhum comentário:

Postar um comentário