quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

DEGENERAÇÃO DISCAL LOMBAR: UMA CAUSA DE DORES NA COLUNA

Os discos intervertebrais lombares são fontes de patologias degenerativas frequentes. Com o surgimento de fissuras do anel fibroso que isola o conteúdo interno e geletinoso do disco, inicia-se um processo de reação inflamatória e imunológica intensa, que se acompanha de sintomatologia dolorosa, muitas vezes invalidante.

Hoje, graças às recentes pesquisas, sabemos que os fatores inflamatórios e imunológicos são muito mais importantes que os fatores compressivos, e as terapias evoluíram no sentido do controle destes fatores, afastando, na maioria das vezes, a necessecidade de realização de cirurgias de descompressão.

A compreensão da cascata degenerativa discal levou ao entendimento da necessidade do controle químico do ambiente inflamtório articular e neural, com o surgimento de tratamentos menos agressivos e muito mais efetivos, voltados para o controle de mecanismos de sensitização neural, neuroplasticidade medular e desenvolvimento de comportamento condicionado de dor.

Dessa forma, mesmo diante de avançados quadros degenerativos, temos conseguido uma ação terapêutica efetiva, nunca antes imaginada.

Estes quadros mais avançados de degeneração lombar são encontrados com muita frequência em pacientes idosos, mas, hoje, estes pacientes podem ser tratados com sucesso, com a necessidade de procedimentos intervencionistas simples e eficazes no controle das suas dores, melhorando seu conforto e qualidade de vida.

É nesse contexto das recentes evoluções das condutas das doenças degenerativas discais que ageo o grupo do Centro Médico da Coluna Vertebral.

Centro Médico da Coluna Vertebral
Torre Saúde São Mateus
Av. Santos Dumont, 5753, Sala 206
Fortaleza - Ceará - Brasil
Fone/Fax: (85) 3265 8300 e (85) 3242 9263

http://www.centromedicodacoluna.com.br/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário